A Origem

Você já se perguntou de onde Bruna e Dani vieram? Não? Então se pergunte, damos 7 segundos para você.

1… 2… 3… 4… 5… 6… 7.

Agora, sem errar, desde o início:

Você já se perguntou de onde a Bruna e a Dani vieram?

Eis um mistério.

Mas nós, pessoas muito dedicadas, fomos em busca de respostas sobre nossas origens.

Reza a lenda, que Bruna e Danielle inicialmente eram seres babões do Submundo. Mas elas eram tão chatas e babavam tanto, que nem o Inferno as queria por lá. Então, elas foram lançadas à Terra e caíram em uma plantação de repolhos.

plantação de repolhos

Criação de repolhos na Província do México.

Um mendigo estava passando por perto, buscando por alguma comida que não fosse repolho (porque a sua língua estava começando a ficar verde) e ele pisou em cima do ¹pé direito de Bruna. O mendigo se assustou com a coisa macilenta que acabara de pisar, e assim, chutou a Bruna (pela cabeça) para longe.
Mas ele pensou: “Hm, deve ser comestível!”. Então ele foi buscar a Bruna que fora arremessada a metros de distância. No caminho até a moita onde Bruna aterrissara, ele achou Dani, e catou as duas.
Quando o mendigo começou a fazer uma fogueira para assá-las, uma carroça de ciganos passou por perto e viu a fumaça. Então eles lutaram com o mendigo e venceram, e assim, pegaram Dani e Bruna.
Foram todos embora na carroça, até que passaram por uma lombada que anunciava que há poucos metros à frente, encontrariam um pedágio. Com o impacto da lombada, Dani e Bruna caíram da carroça.
Então, um motoqueiro do tipo que ouve Metallica passou pelo local, e a sua moto passou por cima do pé direito de Bruna (de novo). Ele parou a moto, e recolheu Bruna e seu pé. Colocou o pé dentro de um envelope, jogou Bruna dentro do compartimento de guardar capacetes e foi embora.
Porém, Dani ficou ali no asfalto, solitária. Então, como um milagre, uma van cheia de hippies passou pelo pedágio, e achou Dani.
Então, as duas garotinhas foram criadas por suas novas famílias, e no ano de 2005, encontraram-se em uma escola de freiras.
A partir daí, a história fica muito pesada, e a censura deste blog é livre.
Fim.

 

Notas:
¹ Depois de ter o pé direito involuntariamente amputado, Bruna passou por um transplante de pé, mas não tinha um pé direito para repor, então, decidiram por um pé de um cadáver (esquerdo). Logo, Bruna tem dois pés esquerdos.

 

 

P.S. da Bruna: Caro amigo, perdoe-me por este post ter sido um esterco.

A razão é que hoje foi um dia muito horrível, eu estava muito deprê e nem ia postar nada, mas daí eu me arrastei até o computador e fiz isso com muita relutância.

Tentei escrever alguma coisa, mas estava realmente difícil. Prometo que assim que eu melhorar, voltarei e tentarei fazer um post legal.

E a Dani também estava sem idéias e… Enfim.

Obrigada a quem está acompanhando o blog. Beijos da tia Bruna.

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s